Susana Vieira – Biografia resumida, carreira e vida pessoal

Sônia Maria Vieira Gonçalves, mais conhecida como Susana Vieira, nasceu em São Paulo no dia 23 de agosto de 1942. 

Filha de diplomatas, seu pai era militar da reserva representante na Embaixada do Brasil em Buenos Aires enquanto sua mãe trabalhava no consulado. Além de Suzana, os pais tiveram mais três filhos, dois homens e uma mulher. 

Por conta do trabalho dos pais, durante toda a infância Susana Vieira e os irmãos viveram em vários países entre eles o Uruguai, Argentina e Inglaterra. Aliás, foi em Buenos Aires que ela estudou ballet o que lhe possibilitou se apresentar na TV Tupi de São Paulo em 1960 sendo contratada posteriormente.

Carreira

Formada em Artes pelo Teatro Municipal de São Paulo, começou a atuar nos teleteatros e telenovelas da TV Tupi em 1962 por influência do diretor Cassiano Gabus Mendes. Em 1964 fez parte das novelas Almas de Pedra, As Minas de Prata e Ninguém Crê em Mim da TV Excelsior. Entre 1967 e 1969 participou de várias novelas na TV Tupi, Record e Excelsior. Foi contratada pela TV Globo em 1970 onde sua primeira novela foi Pigmalião 70 e em 1976 ganhou sua primeira protagonista na emissora na novela Anjo Mau. Nessa novela ela interpretou Nice, uma vilã e chegou a ser agredida na rua por conta de sua interpretação.

Seu próximo papel foi a protagonista da novela A Sucessora, folhetim que lhe abriu caminho para o reconhecimento internacional. A novela foi exibida em outros 50 países e por conta dela, Susana foi convidada para participar da novela mexicana Profesión: Señora em 1983 e de outras duas também no México e EUA. Além disso, participou de vários programas na Venezuela, EUA e Perú.

 

De 1985 até 1994 concluiu inúmeros trabalhos nas novelas da TV Globo e em 1995 foi escalada como Ana Vieira a protagonista da novela Fera Ferida. Esse foi um dos folhetins mais marcantes de sua carreira por lançar a tendência de revelação de um segredo da trama apenas no último capítulo.

Em 1997 fez a grande vilã Branca Letícia na novela Por Amor e em 2002 foi homenageada na entrega do Prêmio Austragésilo de Athayde da Academia Brasileira de Letras.

Susana Vieira e os Anos 2000

A partir dos anos 2000 já reconhecida como uma das grandes atrizes brasileiras, Susana Vieira participou de vários projetos marcantes da TV Globo com seus personagens em Mulheres Apaixonadas e Senhora do Destino. Por esse último concorreu às premiações da Revista Contigo, Melhores do Ano do Domingão do Faustão e Prêmio do Jornal Extra do Rio na categoria de Melhor Atriz ganhando nos dois últimos. No teatro a atriz participou das peças Água Viva (2003), A Namoradinha do Brasil (2006), A Paixão de Cristo (2010),  A Partilha (2012) e Barbaridade (2015).

Em 2011 comemorou seus 50 anos de carreira e recebeu várias homenagens na TV, em revistas e uma super especial no Prêmio Quem pelo conjunto da obra.

Viveu a ex-prostituta Adisabeba em A Regra do Jogo em 2015 e em 2016 estreou como uma das apresentadoras do Vídeo Show ao lado de Otaviano Costa. Durante sua permanência no programa a atração registrou os melhores índices de audiência desde 2015 o que fez dessa uma experiência bem sucedida. No ano seguinte viveu a super vilã Cora na série Os Dias Eram Assim.

Seu trabalho mais recente é no remake de 2019 Éramos Seis onde interpretou Emília tia da personagem Lola interpretada por Glória Pires.

Vida Pessoal

Susana Vieira foi casada com o diretor Régis Cardoso, seu primeiro namorado, com quem teve seu único filho. O casamento durou de 1961 a 1972 e terminou porque o marido não aceitava sua carreira como atriz.

Entre 1973 e 2003 foi casada com o empresário Carson Gardeazabal. E apesar de terem se divorciados continuam amigos até hoje. 

Em 2006 começou uma relação polêmica com o então policial Marcelo Silva. O relacionamento terminou muito mal em 2008 quando Susana descobriu que o marido mantinha uma amante, era envolvido com drogas e havia sido expulso da polícia por estuprar e espancar uma prostituta. O término ganhou as manchetes do país quando Susana veio a público acusando o ex de ter lhe roubado jóias, dinheiro entre outros bens além de estar lhe chantageando com um vídeo dela tomando banho. O final da história toda se deu em dezembro do mesmo ano quando Marcelo foi encontrado morto por uma overdose de cocaína.

susana vieira e namorado

No ano de 2009 iniciou um relacionamento com o ilusionista Sandro Pedroso com quem se manteve até 2013.

Polêmicas de Susana Vieira

Também em 2006 se envolveu em uma polêmica ao participar do quadro do Domingão do Faustão “Dança no Gelo”. A atriz não gostou nenhum pouco de uma nota baixa dada pelos jurados da atração e se retirou da competição logo na segunda rodada.

Nesse mesmo ano de 2009 foi novamente alvo de críticas por arrancar o microfone da mão da repórter do Vídeo Show Geovanna Tominaga alegando não ter paciência para “quem estava começando”. No ano seguinte, nova polêmica, quando alegou estar em uma “selva” sem comunicação com a civilização quando ensaiava para a peça Paixão de Cristo em uma cidade do Nordeste Brasileiro. 

Em 2014 a controvérsia veio quando a atriz se mostrou publicamente muito insatisfeita com o apresentador Fausto Silva por conta de uma apresentação da mesma no programa dominical. Susana alegou que o colega a ridicularizou ao fazê-la cantar “mais do que o combinado”durante uma de suas participações no programa. Na ocasião a atriz desafina além de esquecer a letra da música que estava cantando. O vídeo do momento em questão pode ser visto aqui. 

Em 2015 Susana revelou que foi diagnosticada com Leucemia Crônica, porém após vários meses de tratamento a atriz disse que apesar de não ter cura a doença segue controlada e ela segue trabalhando.

Trabalhos na TV

  • A Noite Eterna (1962) – Taís
  • A Única Verdade (1962) – Sandra
  • Terror nas Trevas (1963) – Angelina
  • Almas de Pedra (1966) – Naná Ramalho
  • A Pequena Karen (1966) – Karen (sua primeira protagonista)
  • As MInas de Prata (1966) – Joaninha
  • Ninguém Crê em Mim (1966) – Marisa
  • Estrelas do Chão (1967) – Silvia
  • Amor sem Deus (1968) – Ana Beatriz
  • Os Tigres (1968) – Maria Helena
  • A Última Testemunha (1968) – Maria Tereza dos Anjos
  • Algemas de Ouro (1969) – Mathilde Ramos
  • Seu único Pecado (1969) – Karina Vidal
  • As Bruxas (1970) – Diva
  • A Próxima Atração (1970) – Regina

Rede Globo

  • Pigmalião (1970) – Candinha
  • Minha Doce Namorada (1971) – Nelita
  • O Bofe (1972) – Marilene
  • O Espigão (1974) – Tina Camará
  • Escalada (1975) – Cândida Ribeiro Dias
  • Anjo Mau (1976) – Eunice Mota Noronha Medeiros
  • Duas Vidas (1976) – Cláudia
  • A Sucessora (1978) – Marina Steen
  • Te Contei (1978) – Luciana
  • Os Gigantes (1979) – Veridiana Gurgel
  • Baila Comigo (1981) – Paula Vargas Leme
  • Quem Ama não Mata (1982) – Laura
  • Elas por elas (1982) – Vanessa
  • Profesíon: Señora (1983) – Maria
  • Partido Alto (1984) – Gilda
  • Um Sonho a Mais (1985) – Renata
  • Cambalacho (1986) – Amanda Pereira
  • Bambolê (1987) – Marta Junqueira 
  • O Salvador da Pátria (1989) – Gilda Pompeu de Toledo
  • Top Model (1989) – Bárbara Ellen
  • Delegacia de Mulheres (1990) – Ruth Baiana
  • Lua Cheia de Amor (1990) – Laís Souto Maia
  • Anos Rebeldes (1991) – Mariana
  • Fera Ferida (1993) – Rubra Rosa Pompílio
  • Mulheres de Areia (1993) – Clarita
  • A Próxima Vítima (1995) – Ana Carvalho
  • Vira Lata (1996) – Laura Golveia
  • Por Amor (1997) – Branca Letícia de Barros
  • Chiquinha Gonzaga (1999) – Suzette
  • Andando nas Nuvens (1999) – Gonçala San Marino
  • Mulheres Apaixonadas (2003) – Lorena Ribeiro
  • Senhora do Destino (2004) – Maria do Carmo Ferreira da Silva
  • Duas Caras (2007) – Branca Maria Barreto
  • Cinquentinha (2009) – Lara Romero
  • Lara com Z (2011) – Lara
  • Amor à Vida (2013) – Pilar Rodriguez Khoury
  • Eu que Amo Tanto (2014) – Sandra
  • A Regra do Jogo (2015) – Adisabeba dos Santos
  • Os dias Eram Assim (2017) – Cora Dumonte
  • Éramos Seis (2019) – Emília Amaral Sampaio

Características de Susana Vieira

Susana Vieira é conhecida por conta de seu trabalho como atriz mas também por suas polêmicas como já citamos anteriormente. Contudo, apesar de alguns episódios não muito elegantes por parte da atriz, ela é tida no meio artístico como uma pessoa alto-astral e brincalhona. Não tem medo de falar o que pensa e tem uma auto-estima invejável.

Não tenta preservar muito sua vida pessoal pois não é muito preocupada com a opinião dos outros. Já foi considerada uma pessoa “difícil de trabalhar” por colegas de cena, mas ainda assim é muito respeitada por todos.

Veja também: Stephen Hawking – Biografia Completa e Resumida, Teorias, Vida e Obra

E então, gostou de saber um pouco mais sobre a história dessa grande atriz brasileira? Se sim, conta pra gente e também deixa nos comentários que outras biografias você gostaria de ver por aqui.

Deixe seu Comentário

WebGo Content