Stephen Hawking – Biografia Completa e Resumida, Teorias, Vida e Obra

Stephen William Hawking (1942-2018) foi um físico inglês e teórico britânico considerado um dos maiores cientistas do mundo contemporâneo e criador da teoria da cosmologia, explicada pela união da teoria geral da relatividade de Esintein com a mecânica quântica.

A biografia de Stephen Hawking é impressionante não somente pelos seus grandes feitos para humanidade, mas também pela sua história pessoal de vida. Mesmo sofrendo de uma doença neurodegenerativa que o tornou paraplégico aos 28 anos foi capaz de prosseguir numa carreira brilhante como cientista e professor.

Biografia Stephen Hawking

Biografia de Stephen Hawking

Conheça aqui a biografia completa e resumida de Stephen Hawking e o legado que ele deixou para o mundo,

Infância e Adolescência

Infância Stephen HawkingStephen Hawking nasceu no dia 8 de novembro de 1942 em Oxford, Inglaterra. Parte da genialidade de Hawking se dá por questões familiares, afinal, nasceun numa família de intelectuais. Seu pai era biólogo e trabalhou quase toda a vida no Instituto Nacional de Pesquisa Médica, em Londres, e  sua mãe, Isabel Hawking, foi filósofa, cientista política e economista. Ambos formados pela Universidade de Oxford.

Com seis anos Stephen já dava sinais de ser uma criança excepcional, construindo seus próprios brinquedos e com rendimento acima dos colegas na escola. A partir dos oito já era conhecido por “Einstein” ou “Mini-Esintein” por familiares, colegas e amigos. Na época ninguém sabia, mas mais um fato aproximaria a vida dos dois gênios – o nascimento de Esintein se dá no mesmo dia e mês da morte de Hawking.

Apesar da alta capacidade, Stephen tinha sérios problemas com a matemática durante a infância e adolescência. Achava os números difíceis demais, mas em contraponto, dedicava grande parte de seu tempo livre para o estudo da física e astronomia – paixões que desenvolveu desde cedo.

Com 17 anos ganhou uma bolsa de estudos integral para estudar física na Universidade de Oxford, seguindo os passos de seus pais. Ao terminar os estudos, ganhou nova bolsa de estudos, dessa vez, na Universidade de Cambridge para desenvolver sua tese de mestrado.

Seus principais interesses de estudo eram as áreas da termodinâmica, relatividade e mecânica quântica. Quatro anos depois, em 1966, com apenas 24 anos, obteve o doutorado na Trinity Hall em Cambridge.

Doença

Aos 21 anos, após uma queda de patins Stephen foi levado ao médico para avaliar os sintomas de perda de movimentos. Foi diagnosticado com esclerose lateral amiotrófica (ELA), uma doença degenerativa sem cura que, aos poucos, degeneraria todos os seus músculos. Os médicos, na época, estimaram mais três anos de vida ao jovem gênio.

Apesar do diagnóstico, Stephen não parou os estudos e seguiu normalmente com sua vida.

Casamento e Filhos

Em 1965 Stephen casa-se com a sua primeira esposa, Jane Wilde – uma amiga íntima de uma de suas irmãs. Na festa de casamento ele se apoiava numa bengala.

Cinco anos depois, em 1970, parou de andar definitivamente e passou a fazer uso da cadeira de rodas.

Neste meio tempo teve três filhos – Robert, Lucy e Tim –  e encaminhava seus estudos com agilidade em seu trabalho de cientista no Instituto de Tecnologia da Califórnia, nos Estados Unidos.

Ao mesmo tempo, em 1979 ocupou o posto de professor de matemática do Departamento de Matemática Aplicada e Física Teórica da Universidade de Cambridge, cargo que tinha sido ocupado um século antes por Isaac Newton.

Stephen Hawking - Biografia Resumida

Família de Stephen Hawking

Stephen Hawking, Jane e filhos

A perda da fala

Em 1985, Stephen fica entre a vida e a morte ao ser acometido por uma pneumonia durante uma viagem que fez à Suíça. Os médicos sugeriram desligar o respirador artificial para que deixasse de sofrer. Entretanto, sua esposa não consentiu e levou por conta própria o marido para casa, em Cambridge.

Em casa, a situação se agravou e Stephen foi submetido a uma traqueostomia que lhe fez perder a voz para sempre. Desde então, passou a usar o computador com uma voz eletrônica para poder se comunicar.

O programa usado traduzia em uma voz sintetizada o seu discurso escrito, primeiro, como movimento dos dedos, depois das bochechas ou com o piscar dos olhos. Alguns cientistas e amigos costumavam dizer que Hawking passou a se expressar e falar melhor depois que passou a usar a máquina.

Com o bom-humor de sempre, a única crítica que Stephen tinha ao sistema era de que o programa desenvolvido na Califórnia  lhe deu um falso sotaque americano.

Primeira teoria publicada

Somente três anos após o ocorrido, em 1988, Stephen publicou o seu primeiro livro: Uma Breve História do Tempo, que conta suas teorias sobre o surgimento do universo com ilustrações criativas e com uma linguagem bem-humorada, bem distante do tecnicismo acadêmico de sua época.

A ideia de Hawking era fazer com que leigos pudessem entender os mistérios do universo e como a física poderia explicá-los.

Assim, propôs a humanidade, novos conceitos sobre a dinâmica das partículas e o movimento das galáxias. Em menos de um ano o livro foi traduzido para mais de 30 idiomas. O nome de Stephen Hawking nunca mais seria esquecido a partir de então.

Stephen Hawking - Biografia Resumida

Segundo Casamento

Em 1995 o casamento de Hawking com Jane estava muito desgastado e o casal decide separar-se. Stephen vai morar em outro apartamento, sob cuidados de duas enfermeiras. Uma delas, Elaine Manson tornou-se sua segunda esposa. O casamento se deu no mesmo.

Em 2007, Hawking se separou de Elaine e a acusou de maus-tratos e agressão.

Stephen Hawking e Elaine, segunda esposa

Stephen Hawking e Elaine, segunda esposa

Teorias  e legado de Stephen Hawking

Os principais campos de pesquisa a qual Hawking se debruçou foram a cosmologia teórica e a gravidade quântica.

O trabalho serviria como uma resposta para a Teoria Geral da Relatividade, de Esintein, qual diz que a gravidade é o resultado de uma curvatura no espaço-tempo provada pela presença de matéria ou energia – o que poderia afirmar a existência dos buracos negros.

Em 1971, trabalhando junto com o físico Roger Penrose, Hawking provou o primeiro de muitos teoremas de singularidade, que fornecem um conjunto de condições suficientes para a existência de uma singularidade no espaço-tempo.

Com a teoria, foram capazes de descrever as propriedades dos buracos-negros: massa, momento angular (rotação e a carga elétrica.

A teoria ainda afirma que os buracos negros deveriam criar ou emitir partículas subatômicas, que ficaram conhecidas posteriormente como radiação Hawking, e que mini buracos negros teriam sido criados após o Big Bang.

Seu trabalho acerca da natureza desses misteriosos objetos o levou a criar, juntamente com outros físicos, as quatro leis da mecânica de buracos negros, que são a base atual para o estudo do assunto. A descoberta lhe rendeu o Prêmio Especial de Física Fundamental, no valor de 3 milhões de dólares.

Além da sua contribuição notável para a ciência Hawking também tomou a frente de importantes debates públicos de sua época. Foi ferrenho defensor do sistema público de saúde britânico (NHS) que no início dos anos 2000 sofreu uma forte crise de financiamento; criticou as mudanças climáticas e o posicionamento do Brexit e extremo defensor da ciência.

As reflexões de Hawking eram publicadas periodicamente no jornal inglês The Guardian. 

Acompanhe os melhores momentos de discursos feitos por Hawking no vídeo, abaixo:

Últimos anos e Morte

Paralisado numa cadeira de rodas e com cada vez mais dificuldades devido a sua condição degenerativa, Hawking começou a se tornar mais irritado e debilitado.

No dia 14 de março de 2018 faleceu dormindo em sua própria casa, em Cambridge, na Inglaterra. Deixou duas ex-mulheres, três filhos e três netos.

A vida de Stephen Hawking foi protagonizada no filme “A teoria de Tudo” dirigido por James Marsh e interpretado por Eddie Redmayne, cuja atuação lhe rendeu Oscar de Melhor Ator em 2015.

Biografia Resumida

  • 1942 – Nascimento
  • 1959 – inicia os estudos na Universidade de Oxford
  • 1963 – inicia o mestrado na Universidade de Cambridge
  • 1963 – Diagnóstico da doença
  • 1965 – Casa-se com Jane Wilde
  • 1965  a 1967 – Nasce seus três filhos
  • 1966 – Começa a trabalhar no Instituto de Tecnologia da Califórnia
  • 1970 – Para de andar e começa a usar cadeira de rodas
  • 1985 – Perde a fala
  • 1988 – Publica o livro “Uma Breve história do tempo”;
  • 1993 – Publica Buracos Negros, Universos Bebês e outros ensaios” (1993)
  • 1994 – Recebe o Prêmio Especial de Física Fundamental
  • 1995 – Separa-se de Jane e casa-se com Elaine
  • 2001 – Publica o livro O Universo Numa Casca de Noz” (2001)
  • 2002 – Publica o livro  “A Teoria de Tudo: A Origem” (2002)
  • 2007 – Separa-se de Elaine
  • 2010 – Publica novas teorias no ensaio “O Grande Projeto” (2010
  • 2013 – publica um livro autobiográfico  “Minha Breve História” (2013).
  • 2018 – Falecimento.

Confira mais detalhes da biografia de Hawking no vídeo, abaixo:

Lista de Obras de Stephen Hawking

Confira a lista completa de Obras de Stephen Hawking:

Clique nos links para visualizar os livros na íntegra em PDF

Uma breve historia do tempo : Do Big Bang aos Buracos Negros

Publicado em 1988, esse livro aborda vários temas, tais como Cosmologia, Big Bang, Buracos Negros e Teoria das Cordas, utilizando uma linguagem mais voltada para um público não especializado. O principal objetivo da obra é dar uma visão geral aos temas abordados. O livro se tornou um best-seller, e em 1995 foi lançada uma versão condensada da obra, chamada de Uma Brevíssima História no Tempo.

Universo em Uma Casca de Nós

Mais um best-seller de Stephen Hawkings que, assim como no livro anterior, direciona essa obra a um público leigo. Publicado em 2001, o livro apresenta de forma clara as principais ideias debatidas pelos físicos teóricos, que vão desde o microcosmo quântico até o macrocosmo universal e abordando diversas possibilidades, como a existência de partículas fundamentais ainda não detectadas, de buracos negros e até viagens no tempo.

Os Gênios da Ciência: Sobre os Ombros de Gigantes

Publicado em 2001, este livro traz um compilado de textos na qual Stephen Hawkings comenta a obra que grandes nomes da Astronomia, tais como Nicolau Copérnico, Johannes Kepler, Isaac Newton e Albert Einstein.

Frases de Stephen Hawking

Muitas frases de discursos de Stephen Haeking são marcantes e inspiradores. Alguns deles, ficaram cravados na história. Certa vez depois de embarcar num voo com gravidade zero em um Boing 727, por exemplo, foi perguntado poque se arriscava tanto. Ele respondeu:

“Quero mostrar às pessoas que elas não precisam ser limitadas por problemas físicos se não tiverem limitações de espírito”,

Stephen Hawking

Outras frases históricas de Hawking:

  • Inteligência é a capacidade de se adaptar à mudança.

  • A prova de que no futuro não existirão viagens no tempo, é que não estamos sendo visitados pelos viajantes do futuro.

  • O paraíso é um conto de fadas para pessoas com medo do escuro.

  • Pessoas quietas possuem mentes barulhentas.

  • Quando achamos a matemática e a física teórica muito difíceis, voltamo-nos para o misticismo.

  • Mesmo que a vida pareça difícil, há sempre algo que você pode fazer para ter sucesso nela.

  • Há uma diferença fundamental entre a religião, que se baseia na autoridade; e a ciência, que se baseia na observação e na razão. A ciência vai ganhar porque ela funciona.

  • As grandes conquistas da humanidade foram obtidas conversando, e as grandes falhas pela falta de diálogo.

  • Todo efeito inteligente tem em sua consequência também uma causa inteligente.

  • A Matemática é a única linguagem que temos em comum com a natureza.

  • Deus pode existir, mas a ciência pode explicar o universo sem a necessidade de um criador.

  • A poluição, a ganância e a estupidez são as maiores ameaças ao planeta.

  • Você tem que ter uma atitude positiva e tirar o melhor da situação na qual se encontra.

Conheça outras biografias

Rafaela Trevisan Cortes

Rafaela Trevisan Cortes, jornalista formada pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR). Revoltada por natureza, vê na comunicação uma oportunidade de extravasar a sua paixão por curiosidades, arte e conhecimento.

Conheça Mais Sobre o Autor

Deixe seu Comentário

WebGo Content