Biografia de Karl Marx → Resumo da Vida, Obra e Características

Karl Marx (1818–1883) foi um filósofo e revolucionário alemão que teve estudos críticos contra o capitalismo. Sua figura serve como marca até hoje para as lutas de classes e para movimentos de viés comunista. Sua contribuição de estudos sociais e econômicos em muito contribuem até hoje em várias áreas do conhecimento, sobretudo no Direito, Política, Sociologia e Economia.

Marx se tornou conhecido pela publicação de suas duas mais importantes obras – consideradas fundamentais universalmente. Em primeiro lugar, O capital – com duras críticas ao capitalismo e, mais tarde, o Manifesto Comunista.

Biografia de Karl Marx

Karl Heinrich Marx nasceu no dia 5 de maio de 1818 em Triet, uma cidade pequena ao sul da Prússia. Sua família era enriquecida, sobretudo, por conta do cargo de seu pai que era advogado e conselheiro da justiça.

A maior parte da família de Marx era judia, com exceção de seu pai que converteu-se ao cristianismo para conseguir ter mais liberdade profissional e deixar de ser perseguido. Apesar das influências ambíguas familiares, Marx sempre rejeitou a educação religiosa e passou sua vida toda dizendo-se ateu.

Ainda quando menino, já mostrava seu interesse pela ciência e literatura. Assim, aos 17 anos, Marx entrou para a Universidade de Bonn para cursar direito. Contudo,  com poucos meses de aulas disse acreditar que o curso era burocrata demais. Assim, deixou a universidade para ingressar no estudo de filosofia, na mesma instituição. Ali, sofreu influência da juventude hegliana, a qual criticava fortemente a religião e o Estado.

Ainda na universidade apaixonou-se por Jenny Von Westaphalien, mas como ambos gostavam mais da filosofia do que do romance, demoraram cerca de 7 anos para casarem e oficializarem a relação que começara ainda no fim da adolescência.

Na vida de casado, Jenny era responsável por transcrever e traduzir as obras do marido. Os dois tiveram 7 filhos juntos, mas  quatro deles faleceram  ainda bebês por conta da situação precária em que viviam. Afinal, como escritor, Marx vivia com pouco dinheiro e vazia empréstimos frequentes para sustentar a família.

Marx e Filhos

Marx, Engels e seus filhos

Entre 1838 e 1840 Marx escolhe se dedicar inteiramente a elaborar a sua tese, a qual teve grande repercussão na Alemanha. Já com o titulo de doutor em filosofia pela Universidade de Jena com a tese “A diferença Entre a Filosofia da Natureza e de Demócrito e a de Epicuro”, tenta uma vaga para lecionar na universidade em que se formou. Foi negado por motivos políticos. Sem outra alternativa, Marx muda-se com a família.

Marx e Jenny

Marx ao lado de sua esposa Jenny

Em 1842 torna-se editor da Gazeta Renana, trabalho oferecido por Friedrich Engels. Enquanto trabalhou com Engles, Marx produziu bastante conteúdo. Entre eles, houve a publicação de um polêmico artigo sobre o absolutismo russo que levou ao fechamento do jornal.

Em julho de 1843, Marx assume seu relacionamento com Jenny. Os dois se casam e o casal se muda para Paris. Lá, o autor funda a revista “Anais Franco-Alemãs” na qual publica uma série de artigos em parceria com Engles.

No final de 1844, Marx publica “Vornaerts” um livro extremamente crítico e que desagrada o governo francês, o qual lança uma limitar para que expulsem os autores e todos aqueles que colaboraram com a redação. Assim, Marx foge da França para a Bélgica.

A partir de 1845, Marx dedica-se então somente a escrever sobre o movimento operário europeu recheado de duras críticas ao capitalismo. Desse modo, ainda na Bélgica, funda junto com Engles a “liga dos Justos”, uma entidade secreta de operários alemães que o ajudaria em muito a ter contato com a realidade industrial da época.

No segundo Congresso da Liga dos Justos, Marx e Engels redigem o Manifesto Comunista e o lançam no dia 21 de fevereiro de 1848 – o que causou um alvoroço em toda a Europa. O texto foi fundamental para fortalecer e organizar a luta operária em quase todos os países europeus contra o materialismo histórico.

Marx e Engels

Marx atrás e Engels à frente

Em 1867 Marx publica com a ajuda de Engels a sua mais importante obra, O capital, que sintetiza todas as suas críticas à economia e modelo de sistema capitalista.

Segundo as teorias do autor, o modo de sistema capitalista corrompe o ser humano e se baseia inteiramente na exploração do trabalhador assalariado, o qual produz um excedente que deveria voltar ao trabalhador na forma de salário, entretanto,  fica retido aos meios de produção – o que nomeia de “mais-valias”. Sua pesquisa ajuda a definir a relação entre trabalhador, indústria e como isso faz a economia mundial girar.

Apesar da popularidade atual do livro – que é usado como referência em várias áreas do conhecimento -, aos 16 anos da sua publicação ele tinha sido completamente “ignorado pela imprensa burguesa”, como definia o próprio Marx. Tal acontecimento foi mais uma grande cicatriz na vida sofrida que levou o autor. Desde então, sua saúde que já era frágil por conta de vício no álcool torna-se pior progressivamente.

Após a morte de sua esposa Jenny, sua capacidade intelectual que já estava frágil piorou ainda mais. Assim, poucos anos depois morreu aos 64 anos em Londres, no dia 17 de março de 1883. Em seu tímido velório, seu companheiro Engels fez um discurso breve, mas profético, de que suas ideias não morreriam com ele.

Após a sua morte, sobretudo depois da segunda Revolução Industrial, o nome de Marx ressurge como o de um Messias e todos aqueles artigos e peças que nunca tinham se tornado populares o suficiente para salvar a família do autor da miséria, agora estão arquivados no Arquivo Nacional da Rússia – uma câmara à prova de bombas. Em 2005, o escritor foi eleito por voto popular o maior filósofo de todos os tempos.

Karl Marx Biografia

Biografia Resumida

  • 05/05/1818 – Nascimento de Marx
  • 1835 – Ingressa em Direito na Universidade de Bonn
  • 1836 – Muda de curso e passa a estudar Filosofia
  • 1840 – Elabora a sua tese de doutorado
  • 1841 – É recusado de lecionar na universidade por motivos políticos
  • 1842 – muda-se para a Colônia e assume a direção do jornal “Gazeta Renana”, onde conhece Friedrich Engels
  • 1843 – Casa-se com Jenny, muda-se para Paris e funda a revista “Anais Franco-Alemãs”;
  • 1844 – Escreve Vornaerts, que o faz ser expulso da França
  • 1845 – Funda a Sociedade dos Trabalhadores Alemãs
  • 1848 – Divulga o Manifesto Comunista junto com Engels
  • 1864 – Funda a Associação Internacional dos Trabalhadores
  • 1867 – Publica O Capital
  • 1880 – Morre sua esposa Jenny
  • 14/03/1883 – Falece na França por conta de uma bronquite.

> Conheça também a biografia de Platão <<

Características e Personalidade de Marx

Karl Marx Vida e ObraOs livros biográficos não definem Karl Marx com atributos físicos memoráveis, mas sim como uma mente genial. Como era inquieto e recluso, já não tinha grandes habilidades para estabelecer relações sociais, o que junto com a sua posição política radical ajudou a fazê-lo levar uma vida de pobreza.

As suas dificuldades financeiras ajudaram-no deixá-lo com uma fisionomia mais decadente, saúde fragilizada e também com uma personalidade mais grosseira. Há vários relatos da época que diziam que a família chegava a expulsar cobradores e senhorios aos gritos e xingamentos. Eram reclusos e hostis como uma resposta ao  histórico de perseguição política e religiosa que a família já possuía.

Jenny, sua esposa, frequentemente o descrevia como uma pessoa hiperativa. Era de seu feitio ter dificuldades para se ater ao trabalho, motivo que o fez entregar-se aos vícios do álcool e cigarro. Para se ter uma ideia, o trabalho O capital, por exemplo, foi entregue com 16 anos de atraso e depois muitas noites seguidas em claro.

>> Saiba como foi a vida de Aristóteles <<

Principais obras

>> Clique aqui para conhecer a biografia completa de Albert Einstein <<

Frases de Karl Marx

Frase Biografia Karl Marx

Ser radical é entender as coisas pela raiz

Karl Marx Frase

Uma ideia torna-se uma força material quando ganha as massas organizadas. 

Karl Marx Frase

Não é a consciência dos homens que determina seu ser, mas, ao contrário, seu ser social que determina sua consciência.

Karl Marx Frase

Se a aparência e a essência das coisas coincidissem, a ciência seria desnecessária

Karl Marx Frase

A história da sociedade até os nossos dias é a história da luta de classes 

  • A desvalorização do mundo humano aumenta em proporção direta com a valorização do mundo das coisas.

  • O caminho do inferno está pavimentado de boas intenções.

  • As ideias da classe dominante são, em todas as épocas, as ideias dominantes, isto é, a classe que é a força material dominante da sociedade é, ao mesmo tempo, sua força intelectual dominante.

  • Aos oprimidos é permitido uma vez a cada poucos anos decidir quais representantes específicos da classe opressora devem representá-los e reprimi-los

  • O último capitalista que penduramos será aquele que nos vendeu a corda

  • As revoluções são a locomotiva da história

  • O que distingue uma época econômica de outro é menos o que se produziu do que a forma de o produzir 

  • O capitalismo gera seu próprio coveiro

  • Sem sombra de dúvidas, a vontade do capitalista consiste em encher os bolsos, o mais que possa. E o que temos a fazer não é divulgar sua vontade, mas investigar o seu poder, os limites desse poder e o caráter desses limites. 

  • O dinheiro é a essência alienada do trabalho e da existência do homem; a essência domina-o e ele adora-a;

  • O Governo do Estado moderno não é se não um comitê para gerir os negócios comuns de toda a classe burguesa

  • Os filósofos limitaram-se a interpretar o mundo de diversas maneiras, o que importa é modificá-lo

  • Os homens fazem a sua própria história, mas não o fazem como querem… a tradição de todas as gerações mortas oprime um pesadelo um cérebro dos vivos.

  • O povo que subjulga outro forja suas próprias cadeias

Curiosidades

  1.  Marx teve um caso com a babá e empregada da família com quem teve um filho. Como sua situação financeira era complicada,  pediu para que seu amigo Engels o assumisse, o que fez com que a sua esposa Jenny ficasse profundamente magoada. Há fontes que acreditam que tal fato o tenha levado a adoecer de câncer;
  2. Marx era quase um gênio da matemática. Ele gostava tanto de álgebra que chegava a resolver problemas matemáticos como um passatempo para se refugiar dos problemas que tinha;
  3. Marx era conhecido por ter uma caligrafia pavorosa, por isso, sua esposa dedicava-se a transcrever e traduzir os seus textos;
  4. A mãe de Marx, Henriette Pressburg, pertencia a mesma família dos inventores da empresa Phillips;
  5. Karl Marx era um grande conhecedor de poesia lírica e devorador de todos os tipos de peças literárias e teatrais.

Rafaela Trevisan Cortes

Rafaela Trevisan Cortes, jornalista formada pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR). Revoltada por natureza, vê na comunicação uma oportunidade de extravasar a sua paixão por curiosidades, arte e conhecimento.

Conheça Mais Sobre o Autor

Deixe seu Comentário

WebGo Content