Anderson Silva – Biografia, Histórico de Lutas, Carreira e Curiosidades

Anderson Silva, também chamado de The Spider, é um famoso lutador de brasileiro de MMA (Artes Marciais Mistas). É recordista de vitórias no campeonato da UFC (Ultimate Fighting Championshop) e considerado o melhor lutador do mundo na categoria de pesos-médios.

Sua carreira no MMA começou de forma inesperada, mas o sucesso e conquistas vieram rápido. Quer conhecer detalhes da vida pessoal e carreira de Anderson Silva? Então confira aqui a biografia completa sobre o lutador brasileiro.

Biografia Anderson Silva, The Spider

Biografia resumida de Anderson Silva

Anderson Silva nasceu no dia 14 de abril de 1975, em São Paulo (tem hoje 44 anos), filho de Juarez Silva e Vera Lúcia da Silva. Sua infância passou toda na capital paranaense, Curitiba, para onde se mudou ainda aos quatro anos.

Quando ainda criança começou a se interessar pelo esporte, sobretudo por lutas marciais. Entre os 10 a 11 anos iniciou no taekwondo e com 18 anos já era faixa preta na modalidade. Paralelamente também treinava jui-jitsu e muay thai – ambos conquistou também a faixa preta uma seguida da outra.

Na casa dos vinte anos pensou que poderias obter sucesso em outras modalidades do esporte e se cadastrou para ser jogador do Corinthians. Contudo, atrasado no treinamento em relação aos demais acabou perdendo a oportunidade. Apesar da recusa, o sim veio pouco tempo depois para a qual seria a prova de sua verdadeira vocação: foi aceito na academia de boxe do clube.

A carreira profissional dentro do MMA iniciou-se aos 22 anos, quando ferceu o seu primeiro adversário ainda no primeiro round no campeonato Brasilian Freestyle Circuit. Desde as primeiras lutas a sua forma de esquivar e lutar lhe arranjaria o apelido que carregou pelo resto de sua carreira – o aranha, ou The Spider. A referência também combina com um personagem do qual Anderson Silva tem verdadeiro carinho, desde a infância quando costumava se vestir com a fantasia do herói.

Após a sua primeira grande vitória a carreira de Anderson decolou. Em seguida ganhou o campeonato de Mecca, que lhe garantiu exibição nacional e o fez sonhar com vitórias internacionais. E assim o fez. Fora do país, passou pelo Shoot – onde conquistou o seu primeiro cinturarão na categoria de pesos-médios contra o japonês Tetsuji Kato, vencendo a luta por decisão unanime dos juízes.

No ano seguinte, 2002, obteve vitória igualmente fantástica com nocaute técnico no primeiro round contra o americano Alex Steibling. Durante esse período usou para participar de diversos campeonatos e aperfeiçoar a sua técnica de luta.

Em 2006 inicou no UFC (Ultimate Fighting Championship), principal organização de MMA (Mixed Martial Arts). Já em sua primeira luta derrotou o até então invicto de carreira Chris Leben em 49 segundos de luta. O nocaute da noite é lembrado até hoje como o melhor momento do UFC Fight Night 5.

No mesmo ano, Anderson Silva venceu o cinturão de pesos médios também no UFC, numa luta contra o americano Rich Franklin que durou 3m59s. A luta foi impressionante por conta das chances que ambos tinham. Rich Franklin já era conhecido no MMA e chegava no campeonato com um cartel de 22 vitórias e apenas uma derrota, pelo Lyoto Machida. Do outro lado, Anderson Silva contava com 18 vitórias, alguns campeonatos ganhos e quatro derrotas.

Na ocasião, Anderson Silva se tornou o lutador mais famoso do mundo, aos 31 anos, posição que ocuparia por mais quatro anos. Ao todo foram 10 anos invictos ganhando um total de 17 lutas seguida, o que lhe garantiu 10 defesas de cinturão e o lutador com mais títulos de todo o UFC.

Quem ganhou a luta do Anderson Silva quebrando sua sequência de vitórias foi Chris Weidman, em 2014. Um ano antes o lutador brasileiro teria o derrotado num torneio de artes marciais. E, mesmo assim, deu a resposta no mesmo ano em outro campeonato com um chute esquerdo que garantiu uma fratura na perna esqueda de Chris.

Desde o episódio, Anderson Silva se concentra para voltar ao título octógono. Entretanto, nem mesmo o talento do The Spider ficou imune aos efeitos do tempo. No dia 1° de fevereiro de 2016 derrotou por poucos pontos o americano Nick Diaz, contudo, teve a luta anulada ao ser flagrado no exame anti-doping.

No exame, a Comissão Atlética de Nevada (NSAC) de 2015 o acusava de fazer uso de metabólidos de dostanolona e androsterona. Em seu julgamento a defesa do braisleiro alegou que seria resquícios de um suplemento sexual que o lutador teria tomado incentivado por seu amigo, que o trouxera da Tailândia. A Comissão não aceitou as desculpas e puniu o atleta com suspensão de um ano e uma multa de 30% de uma bolsa de USS$ 600 mil, mais os US$ 200 mil que lhe seria dado pela vitória. Assim, o campeonato acabou sem resultado.

Depois de ser pego, não houve mais vitórias. Na luta do dia 27 de fevereiro de 2016 perdeu contra o inglês Bisping, no UFC em Londres por unanimidade dos juízes e em julho do mesmo ano também levou derrota no 3° round também por decisão dos juízes.

Em 2008 foi pego novamente no teste anti-doping que identificou na corrente sanguínea a  presença de Metthyltestosterona – um esteróide anabolizante sintético. Em defesa, houve novamente a resposta de contaminação de suplementos infectados que teriam sido comprados numa farmácia. Contudo, foi recusada novamente.

O famoso lutador de MMA, Anderson da Silva, tem hoje 44 anos e é conhecido por muitos pelo apelido “The Spider” (o aranha), é casado com Dayane Silva e é pai de cinco filhos. Um de seus filhos também seguiu a carreira de lutador, Gabriel Silva, que seguindo os passos de seu pai também conquistou dois cinturões na categoria.

Em última entrevista sobre quais são suas perspectivas para a carreira declara que não tem motivos para parar a sua verdadeira paixão:

“As pessoas me perguntam o porquê ainda quero lutar e de onde ainda encontro inspiração pra continuar. Eu particularmente acredito que o fundamental para conseguir alcançar seus objetivos na vida é o ser humano encontrar forças em meio a dificuldades para poder continuar. Eu amo meu esporte”, diz em seu Instagram:

 

Ver essa foto no Instagram

 

As pessoas me perguntam o porque ainda quero lutar e de onde ainda encontro inspiração pra continuar… Eu particularmente acredito que o fundamental para conseguir alcançar seus objetivos na vida é o ser humano encontrar forças em meio a dificuldades para poder continuar!!! Eu amo meu esporte… me deu muitas alegrias e ainda sinto aquela vontade insaciável de subir no cage e me divertir!!! Algumas pessoas não entendem e nunca irão entender que nessa altura da minha jornada só quero fazer o que me trás alegria e satisfação onde encontro inspiração para seguir em frente e mesmo quando parece que não existe mais luz na escuridão, olho diretamente nos olhos da dificuldade e mostro que ela não pode e não vai me vencer!!! Então a resposta é não não vou parar ainda 😜

Uma publicação compartilhada por Anderson “The Spider” Silva (@spiderandersonsilva) em

Biografia Resumida

  • 1975 – Nascimento;
  • 1980 – Sua família se muda de São Paulo para Curitiba;
  • 1985 – Começa a trainer taekwondo;
  • 194- Torna-se faixa preta em taekwondo;
  • 1995 – Torna-se faixa peta em jiu-jitsu e muay thai;
  • 1997 – Tenta entrar para o time do Corinthias e é aceito no time de boxe;
  • 1997 – Estreia na carreira de MMA no Brasilian Freestyle Circuit;
  • 1998 – Faz campeonato Mecca;
  • 2001 – Conquistou o cinturão de pesos-médios;
  • 2002 – Conquistou cinturão da categoria Pride;
  • 2006 – Estreou no UFC;
  • 2007 até 2014 –  Campeão invicto do UFC na categoria pesos médios;
  • 2016 – Derrotado no UFC por Nick Dias;

Cartel nas artes marciais mistas (MMA)

Confira o placar de vitórias e derrotas de Anderson Silva na categoria. Ao todo foram 44 lutas.

Vitórias

  • Total de Vitórias: 34
  • Vitórias por nocaute: 20
  • Vitórias por finalização: 6
  • Vitórias por decisão: 8

Derrotas

  • Total de derrotas: 9
  • Derrotas por nocaute: 2
  • Derrotas por finalização: 2
  • Derrotas por decisão: 4
  • Derrotas por desqualificação: 1

Prêmios e conquistas

  • Ao longo de sua carreira, conquistou 17 vitórias consecutivas e 10 defesas do título em sequência;
  • É considerado o melhor lutador de UFC da história pelo presidente do UFC, Dana White;
  • Considerado o melhor do mundo na categoria dos pesos-médios;
  • No UFC 101: Silva vs Griffin, Anderson venceu a luta por nocaute e essa é considerada uma das melhores lutas de sua carreira. Por esse campeonato, recebeu o prêmio “Beatdown of the Year” pela Sherdog.

Histórico de Lutas de Anderson Silva no MMA

Ano Evento Adversário Resultado
1997 Brazilian Freestyle Circuit 1 Fabrício Camões Vitória por Nocaute Técnico
1997 Brazilian Freestyle Circuit 1 Raimundo Pinheiro Vitória por Finalização
2000 Mecca: World Vale Tudo 1 Luiz Azeredo Derrota por Decisão Unânime
2000 Mecca: World Vale Tudo 2 José Barreto Vitória por Nocaute Técnico
2000 Mecca: World Vale Tudo 4 Claudionor Fontinelle Vitória Por Nocaute Técnico
2001 Shooto: To The Top 2 Tetsuji Kato Vitória por Decisão Unânime
2001 Mecca: World Vale Tudo 5 Israel Albuquerque Vitória Por Nocaute Técnico
2001 Shooto: To The Top 7 Hayato Sakurai Vitória Por Decisão Unânime
2002 Mecca: World Vale Tudo 6 Roan Carneiro Vitória por Finalização
2002 Pride 21: Demolition Alex Stiebling Vitória por Nocaute Técnico
2002 Pride 22: Beasts From The East 2 Alexander Otsuka Vitória por Decisão Unânime
2003 Pride 25: Body Blow Carlos Newton Vitória por Nocaute
2003 Pride 26: Bad to the Bone Daiju Takase Derrota por Finalização
2003 Conquista Fight 1 Waldir dos Anjos Vitória por Nocaute Técnico
2004 Gladiator FC: Day 2 Jeremy Horn Vitória por Decisão Unânime
2004 Cage Rage 8: Knights of the Octagon Lee Murray Vitória por Decisão Unânime
2004 Pride Shockwave 2004 Ryo Chonan Derrota por Finalização
2005 Cage Rage 11: Face Off Jorge Rivera Vitória por Nocaute Técnico
2005 Cage Rage 14: Punishment Curtis Stout Vitória por Nocaute
2006 Rumble on the Rock 8 Yushin Okami Derrota por desqualificação (chute ilegal)
2006 Cage Rage 16: Critical Condition Tony Fryklund Vitória por Nocaute
2006 UFC Ultimate Fight Night 5 Chris Leben Vitória por Nocaute
2006 UFC 64: Unstoppable Rich Franklin Vitória por Nocaute
2007 UFC 67: All or Nothing Travis Lutter Vitória por Finalização
2007 UFC 73: Stacked Nate Marquardt Vitória por Nocaute Técnico
2007 UFC 77: Hostile Territory Rich Franklin Vitória por Nocaute Técnico
2008 UFC 82: Pride of a Champion Dan Henderson Vitória por Finalização
2008 UFC Fight Night: Silva vs Irvin James Irvin Vitória por Nocaute
2008 UFC 90: Silva vs. Côté Patrick Côté Vitória por Nocaute Técnico
2009 UFC 97: Redemption Thales Leites Vitória por Decisão Unânime
2009 UFC 101: Declaration Forrest Griffin Vitória por Nocaute
2010 UFC 112: Invincible Demian Maia Vitória por Decisão Unânime
2010 UFC 117: Silva vs. Sonnen Chael Sonnen Vitória por Finalização
2011 UFC 126: Silva vs. Belfort Vitor Belfort Vitória por Nocaute
2011 UFC 134: Silva vs. Okami Yushin Okami Vitória por Nocaute Técnico
2012 UFC 148: Silva vs. Sonnen II Chael Sonnen Vitória por Nocaute Técnico
2012 UFC 153: Silva vs. Bonnar Stephan Bonnar Vitória por Nocaute Técnico
2013 UFC 162: Silva vs. Weidman Chris Weidman Derrota por Nocaute
2013 UFC 168: Weidman vs. Silva II Chris Weidman Derrota por Nocaute Técnico
2015 UFC 183: Silva vs. Diaz Nick Diaz Sem resultado
2016 UFC Fight Night: Silva vs. Bisping Michael Bisping Derrota por Decisão Unânime
2016 UFC 200: Tate vs. Nunes Daniel Cormier Derrota por Decisão Unânime
2017 UFC 208: Holm vs. de Randamie Derek Brunson Vitória por Decisão Unânime
2019 UFC 234: Adesanya vs. Silva Israel Adesanya Derrota por Decisão Unânime
2019 UFC 237: Namajunas vs. Andrade Jared Cannonier Derrota por Nocaute Técnico

Curiosidades

  • Em 2011, um filme foi lançado para contar toda a sua trajetória até a conquista do cinturão do UFC. “Como água” ganhou o prêmio de Melhor Direção no festival Tribeca Film Festival;
  • Anderson Silva participou de outros dois filmes: Hell’s Chain e Jogo Mortal. Outra participação no cinema foi como dublador, no filme Minhocas;
  • Seu apelido “The Spider” é uma homenagem ao seu super-herói favorito, o Homem- Aranha. Em suas redes sociais, como Twitter, o atleta usa o nome @SpiderAnderson e no Instagram se intitula Anderson “ The Spider” Silva (@spiderandersonsilva;
  • É muito imitado e lembrado por ter uma voz mais aguda;
  • Já participou de vários comerciais e em um deles cantando.

Anderson Silva biografias

Relembre as melhores lutas de Anderson Silva no UFC

Confira as lutas mais emblemáticas da carreira de Anderson Silva como lutador e certamente elas te farão entender porque é listado entre os grandes nomes da modalidade no Brasil e no mundo:

Anderson Silva x  Tetsuji Kato (2001)

A vitória estreou o seu primeiro cinturão de artes marciais, no campeonato de Shooto, no Japão.

Anderson Silva x Chael Sonnen I (UFC 2017)

Essa luta foi considerada uma das melhores de toda a hsitória do UFC. Sonnen na época se destacava por atormentar verbalmente os adversários, fazendo o mesmo com Anderson Silva no início da luta. Levou as quatro primeiras vitórias e foi derrotado por Anderson Silva por nocaute dois segundos antes do final da luta.

A luta se tornou tão famosa que ganhou até filme, lançado em 2012 sob o nome de “Anderson Silva – Como Água” que relatou a história completa desde os treinos até os últimos minutos de luta.

Anderson Silva x Vitor Belfort (UFC 126)

O chute que derrubou Vitor Belfort é relembrado até hoje na história do UFC e fez com que se tornasse a imagem mais famosa da carreira do lutador, símbolo de seu poder de chute e do apelido qual faz jus.

Confira a Biografia de outros brasileiros na história

Rafaela Trevisan Cortes

Rafaela Trevisan Cortes, jornalista formada pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR). Revoltada por natureza, vê na comunicação uma oportunidade de extravasar a sua paixão por curiosidades, arte e conhecimento.

Conheça Mais Sobre o Autor

Deixe seu Comentário

WebGo Content